Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Player 1 Reads

Player 1 Reads

Sab | 30.11.19

Na Sombra do Desejo

Opinião de outro livro que li em Novembro.

ivy hurst

KUJICAM_2019-11-28-12-41-53_developed_2.jpg

5stars

 

Olá olá, como estão?

Espero que esteja tudo bem com vocês!

Hoje trago-vos a opinião de um livro da Irmandade da Adaga Negra! Quem me conhece sabe que amo esta série de livros, embora ainda só tenha lido estes quatro...

Vamos à sinopse!

 

Sinopse:

Caldwell, em Nova Iorque, trava-se uma guerra territorial entre os vampiros e seus caçadores. Ali existe um bando secreto de irmãos sem igual - seis guerreiros vampiros, defensores da sua raça. Mas agora um aliado da Irmandade está prestes a enfrentar os seus próprios desejos obscuros... Butch O'Neal é um guerreiro por natureza. Um ex-polícia da brigada de homicídios que leva uma vida dura, é o único humano a quem foi permitido aceder ao círculo íntimo da Irmandade da Adaga Negra. E quer submergir-se ainda mais profundamente no mundo dos vampiros... quer alistar-se na guerra territorial contra os minguantes. Não tem nada a perder. O seu coração pertence a uma fêmea vampira, uma beldade aristocrática que está muito acima do seu nível. Se não pode ter Marissa, então ao menos pode lutar lado a lado com os irmãos... O destino amaldiçoa-o outorgando-lhe o que deseja. Quando Butch se sacrifica para salvar dos assassinos um vampiro da população civil, torna-se presa da mais escura força da guerra. Moribundo, é encontrado graças a um milagre, e a Irmandade pede a Marissa que tente trazê-lo de volta. Mas talvez nem sequer o seu amor seja suficiente para salvá-lo...

 

Se vocês gostam de vampiros e de romances eróticos como eu, a Irmandade da Adaga Negra é uma série de livros que vocês têm mesmo de ler! Não posso falar dos restantes livros, mas dos primeiros quatro que li eu não tenho nada de negativo a apontar.

Adorei toda a história deste livro e adorei conhecer o Butch. Não vou mentir, embora eu já gostasse do Butch, estava meio de pé atrás quanto a este livro por uma razão muito simples: ele é humano. Habituei-me tanto aos vampiros macho sensualões e possessivos que quando vi que este livro seria sobre o humano fiquei meio "meh, e se eu não gostar?"

 

Mesmo assim pedi o livro. Aliás, pedi este e o primeiro da série (Na Sombra da Noite), e eu agradeço imenso à LeYa e à Casa das Letras por me terem enviado os exemplares. Antes de saltar para o quarto, ainda fui reler algumas partes do primeiro livro. Que saudades que eu tinha do Wrath.

Apesar de todos os meus receios parvos quanto a este livro, eu li e amei. Caraças, a autora deu ali uma volta que eu não estava nada à espera e fiquei felicíssima com isso! Quem já leu vai perceber de certeza.

 

Como disse, não tenho nada a apontar. Mas quero referir que fiquei muito contente por, neste livro, as letras serem maiorzinhas. Detesto quando as letras são miudinhas, dificulta bastante a leitura, faz-me ler mais devagar e avançar na história a passo de caracol.

História maravilhosa, escrita que amo, vampirões que adoro... Tudo cinco estrelas. E deixem-me dizer que mesmo no quarto livro, o Wrath continua a ser "aquela coisa". Mesmo no raio do quarto livro ele faz-me lembrar o porquê de eu gostar tanto dele. Beijinho para ti, Wrath.

 

Na minha opinião, esta é a série de livros obrigatória de se ler para quem ama fantasia/vampiros e romance/romance erótico.

2 comentários

Comentar post