Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Player 1 Reads

Player 1 Reads

Ter | 18.02.20

O Cliente

Um livro que li em Janeiro para uma leitura conjunta.

ivy hurst

IMG_20200207_154525_837.jpg

4stars

Olá!

Espero que esteja tudo bem com vocês!

Muita coisa tem acontecido desde a última vez que publiquei aqui uma opinião mas vou tentar pôr-vos a par dessas novidades num outro post! Quero só com isto dizer que peço desculpa de volta e meia andar sumida, especialmente no Instagram. Mas nem sempre conseguimos estar a 100% não é verdade? Ora bem, posto isto, vamos mas é falar do livro, sim? Siga!

 

dbc3b90-c9236d98-920b-460b-9903-1f81c2037804.png

Sinopse:

Gray tem apenas um objetivo para este negócio: derreter o meu coração até me ter de volta!

Era uma típica segunda-feira de trabalho e o meu patrão pediu-me para convencer um novo cliente a escolher a nossa firma de advogados. Como eu precisava de agradar aos sócios-gerentes, abri o meu melhor sorriso e fui conhecer este empresário todo-poderoso. Mas nada me tinha preparado para o que iria encontrar na sala de reuniões. Ao ver quem lá estava, derramei o café, deixei cair a papelada ao chão e quase perdi o equilíbrio. E essa foi a parte boa do meu dia! Porque este homem deslumbrante — que me olhava como se quisesse comer-me viva — era nada mais nada menos do que Gray Westbrook, o meu ex-namorado e potencial cliente.

Tentei assumir uma postura profissional, mas, no final da nossa reunião, ele aproximou-se de mim, com o olhar de desejo que me era tão familiar, e sussurrou-me ao ouvido com toda a sensualidade. Confiante e carismático, Gray já sabe o que quer, e julga que, ao forçar-me a trabalhar com ele, poderá voltar a entrar no meu coração depois de o ter partido.

Mas eu não lhe vou dar mais nenhuma oportunidade, muito menos agora que estou prestes a ser sua advogada…

Então, porque é que todo o meu corpo se acende quando ele me olha?

dbc3b90-c9236d98-920b-460b-9903-1f81c2037804.png

 

Antes de mais nada, quero já explicar o que está escrito na "descrição" (ou subtítulo do post). Foi a primeira vez que participei numa leitura conjunta e sinceramente gostei. Ok, também será boa ideia explicar que esta não foi uma leitura conjunta dita normal. Pelo que sei, normalmente divide-se o livros por capítulos ou páginas e teremos de ler até ao capítulo ou página X até ao dia Y, debater o que estamos a achar, e repetir este processo até ao fim do livro.

Contudo, nesta leitura conjunto deste "Clube do Livro" que se criou no bookstagram, decidimos dar um mês. Ou seja, neste caso, aconteceu assim: de 6 de Janeiro a 6 de Fevereiro, líamos o livro. Cada uma podia ler quando lhe desse mais jeito e ao ritmo que quisesse. Deste modo, não deixámos assim para trás nenhuma leitura que tínhamos em andamento ou por fazer. Algumas leram no início do mês, outras no meio e outras no fim. Eu por exemplo, demorei-me um pouco na leitura, lendo um pouquinho de cada vez. No dia seis e sete, conversámos um pouco sobre o que achámos do livro, o que gostámos e o que não gostámos.

Quero também dizer que não há nenhum perfil especial do "clube do livro" nem nada do género. Isto começou como um grupo de parcerias no bookstagram, que se tornou numa espécie de grupo onde podíamos conviver umas com as outras e então um dia surgiu a ideia de se fazer uma leitura conjunta. Apenas isso. 

 

Falando agora sim do livro!

Eu nunca tinha lido nada desta autora, embora andasse muito curiosa, confesso. Já não é segredo nenhum que eu adoro romances eróticos, e os livros da Vi estão obviamente na minha wishlist. Fiquei muito contente por ter sido este o livro escolhido pela maioria (houve várias votações até se chegar a este livro) e estava prontíssima para voltar a ler um romance erótico.

Contudo, e para deixar já este assunto de parte, não achei que fosse aquele tipo de erótico muito... intenso, sabem? Não é aquele tipo de livro com muitas cenas de sexo, e mesmo as que existem não são com grandes descrições, prometo. Talvez haja um momento ou outro onde algum personagem seja mais direto quanto ao que quer ou gostaria de fazer, mas não acho que seja "exagerado". Entendo que há quem não goste muito disso, e é mais para essas pessoas que faço este aparte. Se por acaso forem do tipo de pessoa que não aprecia um pingo de erotismo que seja, talvez não seja o livro para vocês. Embora na minha opinião isto não tenha nada de mais... Mas cada um tem os seus gostos e eu respeito-os.

Quanto à escrita, felizmente gostei. Quando leio algo de um autor que não conheço (que é quase sempre, já que o meu leque de livros lidos não é assim tão grande) fico sempre com receio quanto à escrita, se irei gostar ou não. Demasiado simples às vezes também não é bom, e muito elaborado torna-se chato para mim, demoro muito mais a ler e fico com a sensação de que não entendo nada. Por isso, quando vos digo que o autor X tem escrita simples, como é o caso, significa que é algo que todos entendemos, quer estejamos habituados a escritas trabalhadas e floreadas ou não. 

Adiante! Como eu ia a dizer...

Gostei da escrita. É simples e cativante. A história está bem construída e estamos sempre a querer saber mais sobre o Gray e a Layla, não  só no presente mas também o passado deles. Contudo senti que faltou ali qualquer coisa. Eu adorei a história, e as quatro estrelas que dei são 4 estrelas bem gordas. Mas senti que, sendo um erótico, podia ter tido mais algumas cenas picantes. Não estou a dizer que o livro devia de estar carregado disso, hein?  Até porque às vezes o que é demais enjoa, e nem sempre fica bem escrito. Pode tornar-se repetitivo e aborrecido. Mas sim, senti aqui falta de mais um cheirinho extra.

 

E é isto malta! Peço desculpa por me ter estendido desta vez, hehehe.

Se leram até aqui, então são uns guerreiros 

Beijocas! ♡