Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Player 1 Reads

Player 1 Reads

Dom | 01.12.19

Quanto amor cabe num coração

Opinião de mais um livro que li em Novembro.

ivy hurst

3stars

Alô!

Hoje trago-vos a opinião de outro livrinho que li em Novembro.

 

Sinopse:

Adam não tem a certeza de quem é, mas de uma coisa ele tem a certeza, a sua paixão pela sua melhor amiga e pelo novo vizinho estão a mata-lo! Adam vê-se obrigado a entrar numa jornada para descobrir quem ele é e o que realmente sente.
Um livro sobre estar apaixonado e sobre descobrir quem realmente somos.

 

 

Antes da minha opinião, quero agradecer ao autor, Rodrigo Manhita, pela oportunidade de parceria.

Bom, quanto ao livro... Não é bem o género de história que mais gosto, devo confessar. Gostava de vir aqui dizer maravilhas em como amei e tudo mais, mas não é bem assim. Há YAs que a gente gosta, e outros que nem tanto. Este faz parte dessa segunda categoria, infelizmente. Não acho que seja uma má história, apenas não a achei nada de especial. Parece muito ruim dizer isto, mas espero que não o entendam dessa forma, pois não é minha intenção rebaixar o trabalho de ninguém.

 

Mas calma. Reparem que não dei uma nem duas estrelas, mas sim três. É uma história querida e nota-se que foi escrita com sentimento e eu gosto de sentir que o autor de facto é um ser humano com sentimentos e não uma máquina perfeita que nunca falha. Fez-me lembrar as FanFictions que eu escrevia nos tempos em que me comecei a interessar pela escrita, e o mais engraçado é que uma das personagens de facto escreve FanFics na história. Achei isso muito giro.

 

Se quiserem ler um YA leve e rápido, de leitura fácil, então recomendo-vos este. Embora não tenha sido uma história que tenha apreciado a 1000%, também não detestei por completo. Apenas não foi o meu tipo de história.

Beijocas! ♡

4 comentários

Comentar post